Yogi Bhajan

Yogi Bhajan ou Harbhajan Singh Puri nasceu em 26 de Agosto de 1929 numa aldeia que hoje em dia faz parte do território do Paquistão. Aos sete anos foi tomado como discípulo do então Mestre de Tantra Branco e aos 16 anos tornou-se o mais jovem Mestre de Kundalini Yoga. Mais tarde, já na India, ingressou no Shivananda Ashram tornando-se também Mestre de Hatha Yoga, o que lhe permitiu aprofundar ainda mais os seus conhecimentos sobre a influência do Yoga no corpo e no sistema nervoso.

Casou, teve três filhos, tirou a licenciatura em Direito, trabalhando depois como oficial da Guarda das Fronteiras. Em resposta a um convite feito por um professor canadiano para se tornar Professor na Universidade de Toronto, Yogi Bhajan transferiu-se para o Canadá em 1968.

Durante uma viagem aos EUA visitou Los Angeles, onde se apercebeu do grande movimento hippie entre os jovens.

Aí verificou a existência de um grande consumo de drogas, falta de segurança, bem como objectivos de vida e disciplina problemáticos e, paradoxalmente, uma grande busca interior, o que o levou a decidir mudar-se para lá para ensinar Kundalini Yoga. Yogi Bhajan passou então a ensinar Kundalini Yoga directamente, sem a preocupação de “iniciar” os seus alunos, o que ia contra todos os parâmetros indianos. De acordo com estes, só determinadas personalidades têm direito a partilhar dos conhecimentos do Kundalini Yoga, sendo ainda proibido ensiná-lo no Ocidente porque, segundo os yoguis, os ocidentais não têm nem a capacidade nem a abertura para apreender os conhecimentos do Kundalini Yoga.

Esta decisão baseia-se no facto de Yogi Bhajan acreditar que todos nós somos capazes e temos o direito de absorver e utilizar esta sabedoria.

Nos anos vindouros fez o doutoramento em ciências e psicologia da comunicação na Universidade U.C.L.A., criou a fundação 3HO para a salvaguarda e difusão do Kundalini Yoga e do Tantra Branco. Em 1971 foi denominado Mestre do Tantra Branco, criou o curso mais completo até hoje de professores de Kundalini Yoga (Teacher Training) e organizou os professores dentro da associação IKYTA (International Kundalini Yoga Teachers Association).

Durante todo esse período, mais de 35 anos, este grande Mestre viajou incessantemente pelo Mundo para divulgar o Kundalini Yoga, a paz e a evolução humana, deixando-nos no ano de 2004.